Em Ti tudo...

Como eu não te conheci antes
Quando nas noites escuras sentia o medo me tocar
Como pude me esconder da Tua Luz....
Como fugir de um amor assim, 
tão completo... tão inteiro
Como não se entregar a vida pra sua vida em mim
E não sentir nascer de novo
Como posso não ouvir Essa voz.... 
que entra bem no intimo e diz: Estou aqui...
Como não sorrir, com lágrimas nos olhos por perceber 
finalmente, que encontrei meu lugar
Em Ti, existe dor... paz... alegria...
Como? Tudo junto?
Sentir que fostes capaz de se entregar por mim
Que amor é esse, que muda minha história
que me reconstrói, que troca meu nome?
Que amor é esse que destrói o mundo, 
que revela a verdade
que imprime a vida?
Que amor é esse que faz sentido e enlouquece
Que empobrece e enriquece
Que amor é esse que anima e enobrece
Que justifica e me defende
Como pude ser cega para tudo que me cerca
criado pelo sopro se Sua voz...
Quando no inicio nada havia
apenas uma voz que dizia: Exista
Como pude não ver que tudo se encaixa
num quebra-cabeças universal...
que faz com que a mais distante galaxia
esteja em partículas em mim
que rasgou a eternidade, que me criou na tempestade
na verdade e mesmo assim me perdoa
quando me escondo da Sua voz
Que amor é esse, que sabe... Mas, ama... 
Que viu... mas caminha comigo no agora, vivendo o hoje de novo comigo
Que amor é esse que me esconde segredos, mas revela o abraço
Que protege, mas respeita a minha negativa
Como pude ser tão cega a ponto de caminhar a esmo
Quando Tu és a bussola
Como pude deixar que a  minha dor, sobrepujasse a sua e mesmo assim me consola
Tu és sentido.. A vida sem sentido, sem nexo que explica as razões a minha existência
e me faz saber o que porque que me escolheste.


Por Cláudia Oliveira 23:19 25.03.2012

Postagens mais visitadas deste blog

Decisão

Transformação

Viver